Sobre

FESTIVAL ALTITUDES 2018

Tudo fará mais sentido desde que seja contigo!

Bem-vindos a mais uma edição do Festival Altitudes.
Embora a programação seja cada vez mais um verdadeira exercício de matemática, continuamos a acreditar que conseguimos concretizar um programa interessante, divertido, emotivo e que irá certamente provocar muitas emoções e deixar recordações no público.
Acreditamos no programa que vos propomos e fazemos o convite para que todos os dias estejam connosco a acolher todos os projetos inovadores que pisarão o palco do festival. Sozinho ou acompanhado, com família ou amigos, o festival é para todos.
Mais uma vez cabe ao Teatro do Montemuro, companhia anfitriã “abrir” o programa com a nova criação “Os 4 Clowns do Apocalipse” criado em co-produção com o Absolute Theatre e que estreou em Fevereiro. Depois a magia do teatro e/ou da música fica ao cargo de nomes que muito nos apraz que estejam nesta nossa/ vossa festa. Com o regresso de muitos – Peripécia Teatro, d´Orfeu AC, Teatro da Palmilha Dentada, Teatro do Mar, Teatro e Marionetas de Mandrágora e a chegada à serra do Montemuro de outros – Inês Barahona e Miguel Fragata, Fernando Tordo, conseguiremos certamente juntos surpreender o público.
Que tenhamos todos um bom festival! Tudo fará mais sentido desde que seja contigo!

Teatro do Montemuro

 

______________________

 

cropped-altitudescartaz2018finalseminfo-01-4-cc3b3pia-523x640.jpg

O Cartaz

Todos os anos o Teatro do Montemuro lança o desafio e todos os anos é surpreendido com novas interpretações do Festival Altitudes.
Em 2018, foi a ilustradora Ana Trabulo quem venceu o desafio e desenvolveu a imagem do cartaz que apresenta a 20.ª Edição.

 

______________________

 

lobo (2)

O Teatro do Montemuro iniciou a sua atividade em 1990, trabalhando de uma forma experimental até 1995. A ausência de actividades culturais, a falta de oportunidades e o inconformismo levaram um grupo de jovens a investir a sua energia num projeto que lhes permitiria fixarem-se na sua terra. Hoje a pequena aldeia de Campo Benfeito, encravada entre os montes da Serra do Montemuro, tornou-se um local de referência na criação, difusão e programação artística.
O Teatro do Montemuro assume-se por obrigação e vocação uma companhia itinerante, que investe os seus recursos humanos e técnicos na circulação das suas produções artísticas. A companhia continua a apostar na criação de textos originais contemporâneos, inspirando-se nas mais variadas situações da atualidade. Tudo acontece num processo colectivo que une autores, encenadores, cenógrafos, actores, músicos e é desta forma democrática que nascem os espectáculos. A identidade artística foi sendo criada com base nas vivências rurais, mas principalmente através da partilha humana que desde o inicio a companhia promove.

 

______________________

 

O Festival Altitudes e o Teatro do Montemuro são financiados por:

Digital_PT_4C_V_FC_Cultura (2)dgartes_horizontal cmykLogotipo2 transp

 

 

Anúncios